30/11/13

Passear de marsúpio ergonómico



Passear de marsúpio.
Um modo clássico, prático e seguro de transportar o seu bebé
Durante centenas, talvez milhares de anos, as mães de todo o mundo transportaram os filhos envolvidos num pano, bem ligado ao próprio corpo. Esta tradição chegou até nos e transformou-se, por comodidade e conforto, no utilíssimo marsúpio que, hoje em dia, utilizam muitas mães e pais.
Graças ao marsúpio, poderá passear livremente com o seu bebé, embalando-o simplesmente ao caminhar: terá uma maior liberdade de movimentos e o bebé poderá usufruir do contacto direto com o corpo da mãe.
Pode utilizar o marsúpio, com toda a tranquilidade,desde as primeiras semanas de vida do seu bebé pois não comporta problema algum para a coluna do recém-nascido. De facto, os bebés recém-nascidos têm uma musculatura muito flexível e elástica, capaz de assumir qualquer posição: o marsúpio sustem-lhes a coluna vertebral sem a submeter a esforço algum.
Com base na idade e no peso do bebé, estão disponíveis vários tipos de marsúpio. Para os bebés mais pequeninos, cuja musculatura do pescoço ainda não está bem desenvolvida, há marsúpios que dispõem de apoio da cabeça que, para além de apoiarem a cabeça, também protegem contra eventuais choques. Para os bebés mais crescidinhos, a partir do terceiro – quarto mês, estão disponíveis marsúpios mais simples que permitem uma maior liberdade de movimentos aos membros do bebé.
No início é oportuno manter o bebé virado para a mãe: sentir-se-á mais protegido, usufruirá do seu calor e a mãe poderá observá-lo melhor.